Blog - Espaço Leboyer

07 abr 2020

Socorro, meu bebê não dorme! Quando pedir ajuda?

Entenda os estágios de evolução que os pais passam até tomarem a decisão de mudar os hábitos e reeducar o sono do filho

Alguns pais enfrentam sérios problemas com o sono do bebê, sabem que a Consultoria do Sono existe para ajudá-los, mas estão tão acostumados a dormir mal que sempre adiam o pedido de ajuda. Até que a situação torna-se insustentável. Entenda os estágios de evolução que os pais passam até tomarem a decisão de mudar os hábitos e reeducar o sono do filho:

Estágio 1 – Pré-contemplação: quando os pais sabem da existência do problema, mas não têm planos de mudar. Preferem “aguentar a situação e esperar passar sozinha”.

Estágio 2 – Contemplação: eles já percebem que a situação é crônica, querem mudar mas não sabem como e começam a pesquisar sobre qual seu papel no processo de educar o sono do bebê, mas ainda não conseguem ver perspectiva de mudança.

Estágio 3 – Preparação: pedem ajuda para algum Especialista do Sono, compram livros, leem na internet sobre dicas de como educar o sono dos bebês.

Estágio 4 – Ação: estão prontos para começar a mudança. Aqui um erro muito comum é os pais tentarem métodos por conta própria como medida de desespero e fracassarem nas tentativas. Tudo isso porque geralmente os livros de educação de sono apresentam um modelo generalista que não consideram a individualidade do bebê, seu temperamento e dinâmica familiar. O melhor é procurar uma Consultora do Sono que fará a análise do dia a dia e da personalidade do bebê e aprensentará para pais quais soluções e quais as melhores estratégias para ensiná-lo a dormir com mais autonomia e de forma gentil, sem deixá-lo chorando a noite toda sozinho, como alguns métodos propõem.


Postado por Cindy Ferrari

Consultora Materno Infantil, Enfermeira pós graduada em Pediatria e Neonatologia pela USP, especialista em Amamentação, Sono Infantil e diversos Cuidados Naturais para mães e bebês. Cindy Ferrari é mãe do Pedro e do Lucas, idealizadora e fundadora do Espaço Leboyer de Apoio Materno Infantil.

Categorias

Buscar

Receba notícias